quinta-feira, 13 de junho de 2013

Dica de saúde

Pneumonia em bebês e crianças
Vale a pena saber!




A pneumonia começa devagar e quando se instala vira uma grande preocupação por isso a prevenção é fundamental.

A pneumonia é um dos maiores medos dos pais. Isso porque não é difícil ouvir casos de crianças que estavam com uma pequena gripe e, apesar de serem tratadas, a doença acabou evoluindo para uma pneumonia. Afinal, o que fazer para proteger os pequenos e evitar as doenças respiratórias?

Primeiramente é preciso entender o que é a pneumonia. Trata-se de uma infecção, geralmente causada por um vírus, que passou das vias respiratórias (brônquios) para os pulmões. Ela acontece de forma gradual, ou seja, começa com uma simples constipação e ao longo dos dias vai se agravando, até se instalar nos pulmões. O bebê ou criança pode apresentar febre alta, tosse, catarro, cansaço, falta de apetite e até falta de ar.

O diagnostico da doença é feito através de uma ausculta pulmonar pelo pediatra. Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames de sangue e radiografia de tórax para avaliar a presença de infecção nos pulmões.

O tratamento da pneumonia é feito com remédios para baixar a febre e hidratação abundante. O médico pode também receitar o uso de um antibiótico durante 10 dias. Se a criança não reagir bem ao tratamento ou houver sintomas mais graves como vômitos frequentes, desidratação ou recusa em se alimentar, pode ser necessária a internação em um hospital.

O que os pais podem fazer para evitar as doenças respiratórias nos seus filhos é, basicamente, protege-los adequadamente contra o frio. Pequenos cuidados no dia a dia são importantes, pois uma simples correnteza de ar no quarto pode ser suficiente para desencadear o problema. Alguns cuidados básicos são:

vestir adequadamente os bebês e crianças pequenas, lembrando que eles sentem mais frio que os adultos.
como eles costumam se virar na cama e acabam descobertos, o pijama deve ser bem quentinho.
na hora do banho ou da troca de roupas, feche as portas e janelas do quarto e banheiro.
evite tirar a criança de casa em dias chuvosos ou frios.
não deixe os pequenos dormirem de cabelo molhado, especialmente as meninas com cabelos mais compridos e fartos, que demoram a secar.
cuidado com o ar condicionado em casa e no carro. Expor os bebês a baixas temperaturas ou mudanças bruscas de temperatura pode ser perigoso.
os cuidados devem ser redobrados nas estações frias, quando as infecções respiratórias são mais frequentes.
evite levar bebês e crianças pequenas em lugares cheios e fechados, pois isso facilita a transmissão do vírus.
converse com o pediatra sobre a vacina contra a gripe. Imunizar a criança é importante.
crianças com doenças crônicas cardíacas ou pulmonares precisam de cuidados redobrados.
evite lugares com pó ou muita umidade. Isso pode levar a rinites ou alergias que atacam as vias respiratórias e acabam descendo para brônquios e pulmões.




Paula R. 
F. Dabus
FONTE: GUIA DO BEBE



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Banner Arte com Sabor