terça-feira, 11 de junho de 2013

Os 12 truques que seu cérebro prega em você e rouba sua felicidade

Pois é, nossas mentes são complexas e frequentemente nossas piores inimigas no que é relacionado a nossa felicidade. Mesmo. Nossos cérebros, que conhecemos e amamos, nos decepcionam e nos levam a crer que algo certo está totalmente errado, que estamos apaixonados (as) e amamos, quando, de fato, não estamos. Reconhecer e desfazer estas armadilhas que nossa mente coloca no caminho é essencial para perceber a felicidade, para construir relacionamentos verdadeiros e para sermos bem sucedidos em nossas carreiras.

Veja algumas situações que estamos sendo “enganados” pela nossa própria mente:
  • Eu seria mais feliz se tivesse menos coisas para fazer. Nossos cérebros, em geral, nos levam a crer que seríamos mais felizes se não tivéssemos que trabalhar.  Imaginamos uma vida de lazer e nos somos levados a pensar que este estilo de vida nos faria feliz. Entretanto, a verdade é que, na maior parte das vezes, só nos leva ao tédio e a depressão. Somos produtivos, criativos.  Precisamos do desafio para nos sentir realizados e felizes. Invista em você, em algo que tenha significado pessoal e vai descobrir que o fator felicidade estará bem mais presente na sua vida.
  • Não sou eu, é você.  Muitas vezes nossas mentes nos leva a acreditar que somos infelizes e a razão disso é o marido (ou a esposa), os parentes ou qualquer outra pessoa. Jogamos a culpa na comida, na instituição de ensino, na recepcionista do café. Obviamente, são necessárias duas pessoas para dançar este tango. Como diria Dr. Phil: “Como isto está funcionando para você?”  De maneira geral, somos tão culpados quanto, se não mais, do que os outros. Precisamos aceitar as responsabilidades por nossa situação e fazer o melhor disto. Essa aceitação de nossas ações são o começo de verdadeira felicidade.
  • Eu preciso apenas descobrir o segredo do sucesso para ser feliz. Não existem “segredos” para ser feliz ou para ter sucesso. Existem muitos autores, livros e mesmo nossas próprias mentes que adorariam que ficássemos convencidos que existem atalhos. Mas eles não existem. Viver uma vida bem sucedida é muito simples: você cria uma visão de futuro, formula uma estratégia e trabalha duro para obtê-la. Não existem atalhos ou segredos nesta fórmula! Aceitar isso já irá andar um longo caminho.
  • Se eu tivesse…O truque da nossa mente aqui é o de que seremos felizes quando tivéssemos o emprego certo ou casa e o carro certos ou tudo o mais que colocamos como “importante”.  Não há nada errado em querer coisas melhores ou circunstâncias melhores, mas isso não nos fará automaticamente felizes. Podem criar, isso sim, uma alegria temporária que irá desaparecer em pouco tempo. Quem procura uma felicidade duradoura deve reconhecer que este “vazio” é um saco sem fundo.
  • Eu gosto das coisas exatamente como são e não quero que nada mude nunca. Acreditar nisso é cavar seu próprio buraco, e cair nele. A vida é uma viagem que muda o tempo todo. Algumas das mudanças podemos controlar outras não. Resistir a estas mudanças ou tentar controlar o que está lá fora é se auto-derrotar. Só a mudança é inevitável. Só se pode aceitar isso e pegar o ritmo. Ser adaptável é um fator muito importante para sua felicidade.
  • Se ainda não aconteceu para mim, nunca acontecerá. Nossa mente, de tempos em tempos, fica desencorajada, desiludida quando o sucesso acontece sempre para o vizinho. Colonel Sanders abriu a primeira franquia do restaurante KFC aos 65! 40 anos depois de servir muito frango frito. A perseverança é outro ponto chave para ser feliz. Não deixe sua mente te convencer a desistir. Não há como saber o que o futuro nos trará. Talvez falte apenas mais um dia para realizar seu sonho. Como você pode saber?
  • Vou evitar todas as coisas que eu não gosto de fazer. Geralmente são as tarefas que menos gostamos de fazer que nosso cérebro nos convence a evitar. Infelizmente, estas são as tarefas que mais trazem senso de realização quando as completamos. Que mais nos recompensam quando feitas. Por quê você vive adiando? Procrastinação (a doce arte de adiar) de tarefas importantes ou em resolver pendências chatas apenas atrasa nossa marcha. Ataque logo e de cabeça alta e vai perceber que ficará gratificado (a) por isso.
  • O mundo é assustador e coisas ruins podem acontecer comigo. Nossa mente está nos dizendo que existem muitas coisas que estão fora do nosso controle. Por exemplo, os crimes sensacionalistas apresentados na TV podem nos levar a crer que existem apenas pessoas ruins e que uma delas está a sua espreita na esquina. O medo é uma emoção poderosa e que tira o melhor nós. É preciso dosar. Devemos procurar a verdade dos fatos para nos libertar e encontrar a felicidade.
  • Vou decidir o que fazer quando souber com certeza. Pensar demais em todas as situações pode nos estagnar. Pesar riscos, analisar as possibilidades e fazer planos é extremamente importante, mas nada irá acontecer até que algo seja decidicdo e uma ação seja tomada. Raramente temos a informação perfeita que nos levará a decisão perfeita. Então, pare de cozinhar tanto os neurônios. Falhar não é o fim do mundo. Napoleon Hill disse: “Cada adversidade, cada falha, cada dor de cabeça carrega consigo a semente de uma igual ou maior recompensa”. Não podemos cair no truque da mente de querer super analisar tudo!
  • Sei que não deveria, mas… Nossos cérebros nos induzem a negar os efeitos de nosso maus hábitos ou racionalizar nosso comportamento com desculpas esfarrapadas. Isso acontece especialmente nos assuntos relacionados a saúde. Um exemplo: você ouviu alguém dizer hoje “Sei que não deveria fumar, mas me ajuda a manter o peso”, ou “Sei que não deveria comer isso, mas a vida só vale a pena ser vivida se eu puder aproveitá-la”. Grandes problemas de saúde como o câncer, doenças do coração ou diabetes podem certamente desafiar sua felicidade. Não deixe sua mente se safar com um truque destes!

  • Os sonhos só acontecem para aqueles que tem sorte. Thomas Jefferson disse: “Eu acredito muito em sorte e quanto mais eu trabalho, mais sorte eu tenho”. Mais uma vez, é nossa mente acreditando que somos vítimas do destino. Isso fará com que acreditemos que nada de bom acontece conosco. E nosso cérebro credita este fato como sorte dos outros, quando, na verdade, é o resultado de anos de prática, trabalho árduo e preparação. Persiga seu sonho com todo o seu coração e talvez ficará supreso quando a sorte começar a sorrir para o seu lado.
  • Eu nunca poderia…Outro truque do cérebro é nos fazer pensar que não podemos. Você já ouviu “Eu nunca poderia voltar a estudar. Não tenho o dinheiro” ou “Não poderia aprender isso, já estou velho”? Não caia nesta. Nossa mente pode ser muito persuasiva. Não desmereça seu potencial, mesmo que as circunstâncias estejam adicionando alguns graus de dificuldade. Nada que um pouco de persistência e ingenuidade não possa superar. Henry Ford dizia: “Tanto se você pensar que pode, como que não pode, estará certo”.


2 comentários:

  1. Olá!
    Td bom?
    Tô com dois sorteios lá no blog, confere:

    Blog Só Sorteando
    Fanpage
    @sosorteando

    Beijo ;***

    ResponderExcluir
  2. Giseli,

    Amei a matéria, e apesar de ser muito cética a algumas pesquisas, você escolheu um artigo muito importante! Obrigada por ser minha amiga aqui no FACE e postar matérias (e não só viver se promovendo com sorteios) parabéns você se preocupa com o bem estar, e saúde mental é muito importante.

    Depois nos falamos pelos nossos perfis e te conto por que essa matéria foi essencial para mim!

    Beijos no seu coração e de sua família!!!! adoro você e agradeço por ter encontrado uma "agulha no palheiro" aqui no face como você.

    ResponderExcluir

Banner Arte com Sabor